sexta-feira, 6 de março de 2015

Bolonhesa Vegetariana

Olá a todos,

Eu sei que deixei aqui o meu blog um pouco esquecido.

Não é fácil viver sozinho e ter a "disponibilidade" para cozinhar coisinhas diferentes e fazer experiências todos os dias ou com regularidade. Depois meteu-se o inverno e a cozinha é fria.

Ultimamente já tenho feito mais, e espero poder cá vir mais vezes! :)

Tenho andado a considerar-me um vegetariano em "part-time" ou em progresso!

Hoje deixo ficar a minha experiência, substitui a carne por soja, e ficou uma delicia! :)

Espero que gostem.



Ingredientes (4 Pessoas)

2 Chávenas de Soja Fina
1/2 Cebola, picada
1/2 Pimento Vermelho, picado
100 Gramas de Cogumelos Laminados
1 Lata de Tomate Pelado
1 Cenoura, picada
1 Chávena de Ervilhas
1 Dente de Alho, picado
1/2 Chávena de Queijo Ralado
3 Ramos de Salsa Fresca, picada
2 Ramos de Mangerição
Sal, Pimenta, Ervas de Provence, Oregãos, q.b. 
Massa a gosto

Preparação:

Comece por colocar a soja a hidratar, coloque a soja numa bacia e cubra com água, tempere com sal, pimenta, ervas de provence e os oregãos, reserve pelo menos durante 1 hora. (eu deixei da hora do almoço até à hora de jantar)

Coloque uma panela ao lume com bastante água, um fio de azeite e sal e deixe levantar fervura. 

Enquanto, leve uma sertã ao lume com um fio de azeite, coloque a cebola, deixe cozinhar por dois minutos ou até começar a ficar dourada.

Deite o alho, os pimentos e os cogumelos e deixe refogar por 3 minutos, tempere com um pouco de sal e vá mexendo.

Quando a água ferver, coloque a massa.

Verta o tomate pelado e deixe ferver, nesse momento coloque a soja, a salsa, mangericão, as ervilhas e a cenoura, e vá envolvendo no molho, verifique os temperos, reduza o lume para brando e deixe cozinhar por 5 a 10 minutos.

Quando a massa estiver pronta, escorra-a, volte a coloca-la na panela, verta um fio de azeite, e mexa bem para ela não colar. 

Por fim, coloque a massa num prato de servir, verta o molho por cima e deite o queijo. 

Delicie-se! :)

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Tarte de Maça

Esta é daquelas receitas que eu adoro. Adoro fazer, comer, tudo!

Faz-me lembrar tanto a minha infância!

A receita é da minha mãe, eu alterei alguns ingredientes, mas a essencia está lá! 

Espero que gostem. :)



Ingredientes:

Para a Massa:

3 Ovos
2/3 de Chávena de Açúcar Amarelo
100 g de Manteiga sem Sal, à temperatura ambiente 
2 Chávenas de Farinha
1/4 de Colher de chá de Canela
1/2 Colher de chá de Fermento
1/2 Colher de chá de Sal
3 a 4 Maças

Preparação:

Ligue o forno a 180º. Unte uma tarteira com manteiga, forre o fundo com papel vegetal e unte novamente.

Descasque as maças, corte-as em fatias finas.  Verta um pouco de sumo de limão por cima para evitar a oxidação.

Peneire os ingredientes secos numa taça.

Bata com a batedeira a manteiga com o açúcar até obter uma textura fofa.

Junte os ovos, um a um, e bata muito bem.

Adicione os ingredientes secos, e com uma espátula, envolva até a massa ficar homogénea.

Verta o preparado para a forma, e espete a maça fatiada na massa fazendo dois círculos, comece pelo lado de fora e vá-se guiando pelo bordo da forma.

Leve ao forno por 25 minutos, vá verificando o estado da cozedura com um palito.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Cupcakes de Laranja e Chocolate

Olá a todos!

Espero que esteja tudo bem!

Por cá vai-se andando, estive ausente do meu blog porque também tive uns dias ausente de casa, e quando voltei não estava com disposição nem imaginação para a cozinha.

É muito bom matar saudades, mas quando vimos embora, as saudades batem ainda mais forte.

Agora já me estou a recuperar.

Estes meninos, são daqueles pecados maravilhosos para a alma!



Ingredientes:

125 g de Manteiga sem Sal, à temperatura ambiente

125 g de Açucar
2 Ovos
100 g de Farinha
1/2 Colher de Chá de Fermento
1/2 Colher de Chá de Bicarbonato de Sódio
1/2 Colher de Chá de Sal
50 g de Chocolate em Pó
Sumo e Raspa de uma Laranja

100 g de Chocolate Preto
2 Colheres de Sopa de Leite
50 g de Manteiga sem Sal
60 g de Açucar em pó

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º.

Unte 12 formas de queques com manteiga ou óleo em spray e disponha forminhas de papel em cada uma.

Numa taça, peneire os ingredientes secos e reserve.

Noutra taça, com a ajuda da batedeira bata o açúcar com a manteiga até obter um creme esbranquiçado.

Adicione os ovos um a um batendo muito bem e coloque o sumo e a raspa da laranja.

Coloque os ingredientes secos, e envolva com uma espatula até ficarem incorporados.

Distribua uniformemente pelas formas e leve ao forno por 20 min, vá verificando a cozedura com um palito.

Para a cobertura, derreta o chocolate com a manteiga e o leite em banho maria, mexendo sempre até o chocolate e a manteiga derreterem.

Retire do lume, peneire o açúcar sobre o chocolate e com uma vara de arames bata energeticamente até obter um creme suave. Coloque o creme num saco de pasteleiro e decore os cupcakes.

Espero que gostem! 

terça-feira, 13 de maio de 2014

Parceria com Tavira Sal - Rui Simeão

Olá a todos,

É com muito prazer que apresento a parceria do meu blog com a Tavira Sal.

Aqui estão os produtos que a empresa gentilmente me cedeu:


Efectivamente o nosso país tem produtos muito bons, como não há em lado nenhum. As nossas marcas primam pela qualidade, rigor e o saber.

Infelizmente muitas vezes, os produtos portugueses são mais caros que os outros, o que no meu ver não faz sentido nenhum. Os nossos produtos deveriam ser mais baratos ou ao mesmo preço dos outros, ajudava muito mais os nossos produtores se assim o fosse, mas isso...

Apresentação da Empresa:


É esta a marca, proveniente de uma família de Salineiros, em actividade artesanal permanente ao longo de 5 gerações, passando testemunho e conhecimento de pais para filhos nas suas próprias propriedades que eles próprios trabalham, na execução, preparação de salinas, gestão, controlo da sua própria colheita e comercialização do seu próprio produto, pois não comercializa produtos que não produza na sua salinas, por isso tem só uma marca e uma só certificação.

Esta unidade de produção de Flor de Sal e de sal Artesanal, constituída por uma salina com cerca de 13 hectares, sendo considerada, por especialistas e pela comunicação social, como uma salina modelo, não só pelo modo como se divide bem como pela sua implantação no terreno e processos utilizados na produção e colheita. As salinas são constituídas por três divisões que são: 1ª a armazenagem da água do mar; 2ª evaporação e consequente concentração; 3ª cristalização e colheita. Do equilíbrio de áreas de cada superfície provém uma optimização da produção e a sua qualidade.

A capacidade de produção é de 60 a 80 toneladas de Flor de sal e de 800 a 1000 toneladas de sal Tradicional. A sua localização no Parque Natural da Ria Formosa, a 500m da barra de Tavira onde a qualidade das argilas que estão implantadas, o seu posicionamento relativamente à entrada de água do oceano e ainda, o mais importante, a qualidade do produto final, comprovada por uma simples visita às salinas e análises realizadas, ao produto final, proveniente desta salina, efectuadas pelas certificadoras. Esta unidade de produção situa-se junto do parque de estacionamento do mercado Municipal de Tavira e está implantada numa área longe de esgotos, estações de tratamento, rios e outras áreas, ocasionalmente, perigosas em matéria de poluição proveniente de terceiros alheios à produção.

Esta empresa dispõe de uma área de armazenagem das colheitas de 1500m2, altura média de 3metros e 3000m3 de capacidade. Foi construída em alvenaria de betão com paredes grossas próprias para o efeito (auto-portante), resistente aos esforços, das sobre cargas provenientes do armazenamento do sal contra as paredes. Nestas mesmas instalações, propriedade total deste produtor, procede-se à empacotamento artesanal e sua preparação para distribuição, segundo as normas das Certificadoras e normas internas respeitando sempre todas as boas normas de higiene, qualidade e segurança alimentar, e sistema de H.A.C.C.P em constante implementação, tendo consultora alimentar externa.

Este produtor foi pioneiro, em Portugal, na produção de Flor de Sal (coalho, nome pelo qual era conhecida entre os Salineiros), dois anos antes de todo e qualquer outro ter aprendido consigo, inicialmente para exportação, depois para consumo nacional. Este produto sempre se colheu, nos cantos dos talhos, para consumo próprio e para ofertas aos amigos, desde que há conhecimento destas salinas. Existe um autocontrole de produção e de qualidade, proveniente do conhecimento passado verbalmente entre os familiares, não só dos avós até a este produtor, como também entre os quatro irmãos da avó, que também eram moleiros cumulativamente a este ramo de produção, que aos poucos se sobrepôs na totalidade à moenda de farinhas alimentares em azenhas de mar, mas em outras propriedades contíguas, já desactivadas pelos seus sucessores, com cerca de 100 hectares. Estes conhecimentos provenientes da experiência própria têm sido actualizados ao longo dos tempos e postos em prática na optimização da produção, colheita, armazenamento e empacotamento, tendo em conta os avanços tecnológicos na pós-colheita, tendo se procedido a melhorias no transporte e armazenamento avanços científicos mais recentes na qualidade do produto final.

Desde o ano 2000 ininterruptamente, nesta unidade de produção a Flor de sal e o Sal Artesanal são produtos certificados, pela certificadora Nature & Progress, em França, com caderno próprio de normas de preparação de salinas, de colheita, de armazenagem e de controlo de produto final.

A partir de Junho de 2007, ambos os produtos foram aceites como aderentes no projecto “Compro o que é nosso”, permitindo usar o logótipo com essa classificação.

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Frango Estufado com Ervilhas

Olá a todos!

Eu adoro comida de conforto, sabe-me bem, seja de Verão ou de Inverno.

Faz-me sempre lembrar a minha casa, a casa dos meus tios ou dos meus Avós.

Este é um prato que adoro, espero que gostem da sugestão, é daquelas receitas bem próximas do meu coração.


Ingredientes:

4 Coxas de Frango
1 Cebola grande, picada
1 Chávena de Água 
3 Colheres de sopa de Azeite
1 Cenoura, picada
1/4 Pimento Vermelho, picado
4 Colheres de sopa de Polpa de Tomate
1/2 Chávena de Vinho Branco
2 Folhas de Louro
1 Chávena de Ervilhas
2 Gotas de Piripiri com Limão Paladin
Sal e Pimenta Branca Suldouro q.b.

Preparação:

Leve uma panela ao lume com o pimento e com a cebola e o azeite e deixe alourar.



Coloque a frango, e vá mexendo a carne no refogado, tempere com sal, piripiri e pimenta.


Deixe refogar entre 5 a 10 minutos, ou até o frango ficar dourado.



Refresque com o vinho e deixe reduzir por um minuto.

Verta água na panela até que a carne fique coberta, acrescente a polpa de tomate, as folhas de louro e a cenoura.

Deixe cozinhar em lume médio por cerca de 30 minutos, verificando regularmente se é necessário mais água.

Verifique os temperos, deite as ervilhas e deixe cozinhar por 5 minutos.



Sirva com puré de batata ou de couve flor.

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Frango Assado com Mostarda

Olá a todos, 

Não há nada que mais goste que um bom frango assado.

Sabe-me bem, e melhor porque não preciso de estar sempre a controlar o forno, posso fazer outras coisas enquanto o frango assa, e isso para mim é óptimo.

Esta receita é mais uma simples e bastante rápida. Tanto dá para duas pessoas como para 4. 

Espero que gostem!



Ingredientes:

2 Coxas de Frango
60 g de Bacon
1/2 Chávena de Vinho Branco
2 Colheres de Sopa de Mostarda com Mel Paladin
4 Colheres de Sopa de Azeite
1 Colher de Chá de Ervas Finas,
2 Ramos de Salsa Picada
Sal, Pimenta, Piripiri, Pimentão doce q.b.

Preparação:

Ligue o forno a 200º.



Numa assadeira deite o azeite, a mostarda, o vinho as ervas finas, duas gotas de piripiri e pimentão doce.

Coloque os pedaços de frango na assadeira e unte-os com o molho.

Deite o bacon por cima do frango e tempere com sal e pimenta e regue com um fio de azeite.


Leve ao forno por 50 minutos, ou até o frango ficar dourado, vá virando o frango  conforme vá ficando dourado.

Acompanhe de batatas assadas!

Bom apetite!

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Bolo Laranja Húmido

Olá a todos!!

Como foi o vosso fim-de-semana?

O meu foi muito cansativo, cheguei a casa no Domingo quase em coma de cansaço.

Estive a ajudar a minha mãe na loja e foi cansativo.



Hoje deixo vos uma receita que experimentei, que saiu toda da minha cabeça, embora seja até básica mas fiquei orgulhoso com o resultado.

Partilhem a vossa opinião e se experimentarem digam-me! :)



Ingredientes:

Bolo:

3/4 de Chávena de Manteiga
1 e 1/4 Chávena  de Açúcar
3 Ovos
2 e 1/2 Chávena de Farinha
1/2 Colher de Chá de Bicarbonato de Sódio
1/2 Colher de Chá de Fermento
1 Colher de Chá de Sal
2 Laranjas, sumo e raspa
150 ml de Natas

Glacê:

Sumo e raspa de 1 Laranja
1 Chávena de Açúcar em Pó

Preparação:

Pré-aqueça o forno a 180º, unte uma forma redonda com manteiga, forre com papel vegetal e unte novamente.

Bata o açúcar com a manteiga até obter uma mistura clara e cremosa.

Adicione os ovos, um a um, batendo muito bem entre cada adição.

Coloque o sumo e a raspa de manteiga e bata mais um pouco.

Numa taça grande, peneire os ingredientes secos.

Adicione à massa metade dos ingredientes secos com metade das natas e envolva, repita o processo, envolvendo sempre com uma espátula.

Verta a massa na forma e leve ao forno por 25 minutos, ou até ficar cozido, verifique a cozedura com um palito.

Para o glacê, misture o sumo e a raspa da laranja e o açúcar, dependendo do sumo da laranja pode ser necessário mais ou menos açúcar, vá deitando aos poucos.

Desenforme o bolo, verta o glacê por cima e deixe arrefecer antes de servir.

Espero que gostem!

sábado, 3 de maio de 2014

Mac & Cheese de Bacon e Chouriço

Olá a todos!!

Como corre o vosso fim de semana?

O meu para já ainda está na fase da preguiça! :)

Hoje partilho convosco uma receitinha de uma prato que experimentei à uns dias e adorei.

Já tinha visto muitas vezes na TV estre prato e já o tinha tentado fazer, mas nunca me ficou muito bem. Desta vez acertei!

Não é de todo saudável, mas é óptimo e dá para alimentar muita gente!



Ingredientes:

400 g de Massa, usei Macarrão
80 g de Bacon, às tiras
1 Chouriço Corrente, às rodelas
3/4 de Chávena de Queijo Mozzarela Ralado
1/2 Chávena de Queijo Parmesão
1/2 Litro de Leite Morno
2 Colheres de Sopa de Manteiga s/sal
2 e 1/2 Colheres  de Sopa de Farinha
1 Colher de Chá de Paprica 
1/4 de Colher de Chá de Noz Moscada
2 Colheres de Sopa de Azeite
1/3 de Chávena de Pão Ralado
Sal e Pimenta q.b.

Preparação:

Comece por colocar uma panela ao lume com água, sal e um fio de azeite, deixe ferver.

Quando ferver coloque a massa.

Coloque uma panela no fogão com a manteiga, em lume brando, deixe derreter e coloque a farinha. Sem parar de mexer, deixe cozinhar por 1 minuto.

De seguida verta aos poucos o leite, mexendo sempre, até obter uma consistência cremosa.

Adicione a paprica, a noz moscada e tempere com sal e pimenta. Adicione o queijo mozzarela e metade do parmesão. Reserve.

Leve uma sertã ao lume com um fio de azeite, deixe aquecer e coloque o bacon e o choriço, deixe cozinhar até ficar dourado e estaladiço. Retire o excesso de gordura.

Ligue o forno a 170º.

Quando a massa estiver "al dente" escorra-a muito bem.

Coloque a massa escorrida novamente na panela, deite o molho e a carne e mexa bem. Coloque este preparado numa travessa de ir ao forno, cubra com o restante parmesão e polvilhe com o pão ralado.

Leve ao forno por 20 minutos ou até se formar uma crosta dourada e estaladiça.

Espero que gostem!

sexta-feira, 2 de maio de 2014

Vales de Desconto na Manteiga Magra Président

Para os amantes de Manteiga!



A Manteiga Magra Président tem um sabor muito agradável e uma textura fácil de barrar, com quase metade das calorias.

Simplesmente barrada no pão ou em sandes, o seu sabor inconfundível fará as delícias da sua família.

Encontra-se disponível na referência Meio Sal e também Baixo Teor de Sal - para quem precisa reduzir o consumo de sal e desfrutar de todo o sabor da Manteiga.

Clique aqui para obter o seu vale!

Pode imprimir o seu vale até 31/05/2014.

Pode descontá-lo na compra de 1 Manteiga Magra Meio-Sal / Baixo Teor de Sal Président até 30/06/2014.


Bolachas de Manteiga com Sementes de Papoila

Boa tarde a todos,

À coisas nas quais não podemos por um preço, para mim não há nada melhor que um café no terraço com amigos e com os animais a brincar.

É uma sensação de relaxamento fantástico.

Por isso mesmo, não conheço nenhum acompanhamento melhor para um café que umas bolachinhas!

É uma receita muito simples, idêntica a uma que já cá tinha posto, mas também é pela sugestão!

Espero que gostem! :)



Ingredientes:

1 Chávena de Manteiga Sem Sal à temperatura ambiente
1 Chávena de Açúcar
1 Colher de Sopa de Sementes de Papoila
2 Chávenas de Farinha sem fermento
1 Colher de Chá de Sal
1 Colher de Chá de Essencia de Baunilha
1 Ovo

Preparação:

Nota: Para esta receita utilizei uma batedeira comum, apenas com as varas de arame e as varas para massa. Deu para dois tabuleiros de bolachas, fiz um normal, e no outro fiz umas bolachinhas maiores e coloquei meio morango no meio antes de ir ao forno.

Numa taça alta coloque a manteiga e o açúcar e bata com a batedeira, com as varas de arame, até a a massa ficar esbranquiçada e fofa.

Adicione a baunilha.

Coloque o ovo e incorpore bem.

Numa taça peneire a farinha com o sal, mude as varas da batedeira para as de massa e adicione a farinha e as sementes de papoila, bata até a farinha estar incorporada na massa.

Tape a taça com película aderente e leve ao frigorífico por pelo menos 1 hora.

Ligue o forno a 180º.

Retire a massa do frigorífico e faça bolinhas do tamanho, de tamanho idêntico e coloque-as num tabuleiro de ir ao forno forrado de papel vegetal.

Com a ajuda de um garfo pressione as bolachas e leve ao forno por 20 minutos, ou até elas ficarem douradas.